Construindo redes acadêmicas, ativistas e afetivas

A Comissão Pró-Moçambique 2020, organizada pelo Instituto de Estudos de Gênero (IEG), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), está mobilizando as pessoas interessadas para integrarem a delegação brasileira que irá participar do 14º Congresso Mundos de Mulheres, que será de 21 a 24 de setembro de 2020 em Maputo, Moçambique. 

A relação com Moçambique é de fundamental importância nessa conexão de saberes Sul-Sul, evidenciando as experiências ativistas e acadêmicas de mulheres de diferentes pertencimentos, de vários territórios, conectadas por produções no campo do gênero e dos feminismos.

Sair da Índia para o Brasil (destinos dos dois últimos Mundos de Mulheres) e ir para Moçambique faz uma conexão para além do simbólico: coloca nossos saberes, experiências e afetos em integração, de forma a fortalecer nossas práticas e construções acadêmicas para que contribuam para a transformação das vidas das mulheres. 

Estamos propondo que esse movimento de ir seja construído daqui até o efetivo embarque, para que possamos realizar, nessa travessia, trocas de conhecimento e potencializar nossas resistências.

Reunião entre indígenas e moçambicanas, durante o 13º Mundos de Mulheres e Fazendo Gênero 11, em Florianópolis/SC, em 2017

Construindo a delegação brasileira

A Comissão Pró-Moçambique a cada dia recebe novos contatos de grupos interessados em compor a delegação para Moçambique. A professora de Literatura Africana de Língua Portuguesa, Geni Mendes de Brito, do Piauí, nos informa que o grupo “Vozes da África – caminhos itinerantes” irá participar do Mundo de Mulheres. O grupo é composto por pesquisadores/as e professores/as que trabalham com a literatura e cultura africana de Língua Portuguesa e estão organizando com coordenadores da Universidade Pedagógica de Moçambique um “Encontro Literário Brasil – Moçambique”, que será próximo às datas do MM. O objetivo é o intercâmbio literário que se dá entre os dois países, assim como apresentar aos professores/as e pesquisadores/as moçambicanos/as os estudos que brasileiros/as vêm realizando no Brasil sobre a literatura e a cultura local, com trabalhos de professores/as de História, Antropologia, Sociologia, Literatura, entre outros.

O boletim Pró-Mundos de Mulheres, da IEG/UFSC, boletim pretende ser um espaço que visibiliza as várias ações e atividades realizadas por grupos de diferentes lugares do Brasil, em prol da participação no congresso, compondo, assim, uma grande delegação. 

Contatos com a Comissão Pró-Moçambique 2020 através do e-mail comissaopromocambique@gmail.com

Parceiros

Fórum Mulher LogoFriedrich Ebert Stiftung LogoLogo Afeto